domingo, 6 de fevereiro de 2011

"A Paródia" (uma relação intertextual)




A paródia é um tipo de relação intertextual, ou seja, aquela que um texto (de partida) tem com um outro texto, filme, quadro, música, etc.
Nela o autor retoma o que foi dito ou escrito por outra pessoa e modifica a mensagem com o objetivo geralmente crítico-humorístico de contestá-la, de ridicularizá-la. Um bom exemplo é o poema Canção do exílio, de Murilo Mendes, AQUI.
Nota-se que a paródia de Murilo quer ridicularizar o texto de partida (de Gonçalves Dias), afirmando que no Brasil a elite come maças importadas, nas árvores cantam pássaros estrangeiros, os poetas mulatos querem ser mais do que realmente são, os militares se metem a ser pintores de vanguarda, os pensadores se vendem etc.

DATA DA POSTAGEM 21/02/2011

PROPOSTA

Tome uma letra de uma canção, ou de um poema de sua preferência, e coloque nela(e) (palavra por palavra) uma nova letra bem-humorada.

Apenas um lembrete: “criticar sem denegrir”

7 comentários:

  1. Espero que apreciem!

    Bom trabalho para todos nós!

    forte abraço

    ResponderExcluir
  2. kkk ai ai ai... não quero nem ver...rs

    ResponderExcluir
  3. Boa ideia Sueli, vou ver se me arrisco,caso consiga posto em comentarios.Um abraço de paz.

    ResponderExcluir
  4. Toninhobira, enviei um convite no seu e-mail para participar. Não precisa postar 'em comentários',não. beijão.

    Hum! Vai postar um belo "texto"
    forte abraço

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida Sueli
    Gosto demais de desafios... enriquece muito. Vou tentar no meu:
    http://espiritual-poesia.blogspot.com
    Bjs de Domingo cheios de paz.

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida orvalho do céu.

    Enriquece muito, maravilhaaaaaaaaaaaaa "desenvolve" no teu blog, mas querendo participar com a gente,também, escreva-me:
    ssaduan@yahoo.com.br
    abraços

    ResponderExcluir